PROGRAMAÇÃO ABRIL 2021

SOBRE O FESTIVAL

O Favela Jazz Festival é um festival de Jazz de qualidade realizado em território periférico, produzido pelo Jazz na Kombi. Será realizado em formato totalmente on-line, prezando pela segurança e saúde de todos nós durante esse momento de pandemia mundial, mas sem nos privarmos daquilo que nos dá prazer: cultura, arte, conhecimento.

bg-favela-festival-04.jpg

03 | 04

SÁBADO

FILME DE ABERTURA

16h30

JAZZ NA KOMBI  ZOOCIEDADE

Documentário | 20min | Dir. Peu Pereira

Documentário que apresenta a trajetória do Jazz na Kombi até aqui: fatos, feitos, sentires, histórias e a intervenção mural Zoociedade da artista Leila Monsegur. Zoociedade propõe um paralelo entre os seres híbridos representados e a produção contemporânea, oferecendo uma metáfora representativa da fusão das linguagens artísticas.

BOCATO SEXTETO

Trombonista consagrado, tocou com Arrigo Barnabé e Itamar Assumpção. Gravou com Elis Regina no show "Saudades do Brasil". E já atuou ao lado de Rita Lee, Ney Matogrosso, Roberto Carlos e outros. Em 1985 lançou seu primeiro disco solo. Na década de 90 participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça. Continua atuando em gravações de vários artistas e com seu Quinteto já apresentou diversas vezes no Jazz na Kombi.

SHOW

17h

bg-favela-festival-03-02.jpg

04 | 04

DOMINGO

FORMAÇÃO

A HISTÓRIA SOCIAL DO JAZZ

pt 1) | Duração de 50min

Conhecer as origens do jazz é fundamental para entender a contribuição do legado do povo negro para as artes no século XX. Reconhecer seu histórico, seus personagens, conflitos e desenvolvimento são bases para sua compreensão. O jazz traz em si a marca da história e estética negra para o século XXI.

Edson Ikê é trompetista e pesquisador da história do jazz. Promove e organiza o Festival “Jazz às Margens”, que está na sua segunda edição (2018). Hoje toca trompete no Conde Favela Sexteto.

16h

CONDE FAVELA SEXTETO feat. SINTIA PICCIN

Conde Favela Sexteto foi formado em 2009 com o intuito resgatar temas de jazz e  samba jazz, e aprimorar a linguagem jazzística e exploração instrumental. Com pitadas de free jazz, bebop e hard bop em seus temas e composições autorais.

SHOW

17h

bg-favela-festival-02.jpg

11 | 04

DOMINGO

FORMAÇÃO

A HISTÓRIA SOCIAL DO JAZZ

pt 2) | Duração de 50min

Conhecer as origens do jazz é fundamental para entender a contribuição do legado do povo negro para as artes no século XX. Reconhecer seu histórico, seus personagens, conflitos e desenvolvimento são bases para sua compreensão. O jazz traz em si a marca da história e estética negra para o século XXI.

Edson Ikê é trompetista e pesquisador da história do jazz. Promove e organiza o Festival “Jazz às Margens”, que está na sua segunda edição (2018). Hoje toca trompete no Conde Favela Sexteto.

16h

ÁTRIO JAZZ &

JOY SALES

A cantora e rapper Joy Sales, nascida em São Bernardo do Campo, lançou recentemente seu EP autoral B.A.M. com influência de R&B e Hip-Hop.  A banda Átrio Jazz formada por Gabriel Gaiardo (teclado), Rob Ashtoffen (Baixo elétrico) e Renato Pestana (Bateria) convida a nova promessa do hip-hop nacional para interpretar suas canções em uma linguagem de jazz contemporâneo e neo-soul.

SHOW

17h

bg-favela-festival-05.jpg

18 | 04

DOMINGO

FORMAÇÃO

O JAZZ COMO TRILHA SONORA

Duração de 50min

Contaremos a história da relação do jazz com os filmes, o processo de improvisação e seu conceito em paralelo com a arte cinematográfica. O conteúdo propõe uma discussão tanto sobre trilhas originais compostas com orquestras, no caso de Duke Ellington no filme “Anatomia de um crime”, quanto completamente improvisadas como do baterista Antonio Sanchez no recente filme “Birdman”.

Rob Ashtoffen Mestre em Informação e Cultura, é músico e gravou mais de 16 discos. Trabalha com trilhas sonoras para teatro, filmes de curta e média metragens há mais de 10 anos.

16h

LOQÜAZZ

Os poetas Thiago Calle, Giovani Baffô e Aline Binns se uniram para fazer jazz e poesia pelas ruas de SP, em shows que iam da Av. Paulista à Cracolândia. Após diversas formações, o grupo apresenta um trabalho que traz referências do Jazz, do Rap e da Percussão Brasileira, em arranjos cheios de balanço, nuances, e mudanças rítmicas que abraçam os poemas de uma forma única. É poesia para ouvir enquanto se dança. 

SHOW

17h

bg-favela-festival-04.jpg

25 | 04

DOMINGO

FORMAÇÃO

O UNIVERSO

PERCUSSIVO BAIANO

Duração de 50min | com Letieres Leite Quinteto

UPB é um método que busca ensinar a música popular brasileira a partir da consciência de um coiceito estrutural ritmico ligado às suas matrizes negras, obedecendo suas regras, métodos e conceitos seculares, em comum acordo com os conceitos de aprendizado musical desenvolvidos a partir da tradição de ensino musical europeia.

FILME DE ENCERRAMENTO

FLOS & DONA VAL

Documentário | 20min | Dir. Peu Pereira

Uma narrativa que une dois cenários e presta honras a duas ilustres personalidades que faleceram no período de produção desta edição do Favela Jazz Festival. O clipe de Patinete Rami Rami por Letieres Leite Quinteto é uma homenagem a Flávio Oliveira e uma versão jazz da música Sabiá de Luiz Gonzaga por Lilian Estela e banda, compõe uma homenagem à Dona Val, uma das fundadoras da comunidade onde ocorre o festival.

16h

17h

bg-favela-festival-02.jpg

OUÇA A PLAYLIST DO JAZZ NA KOMBI

Playlist criada por integrantes do Jazz na Kombi, para trazer um pouco das referências que alimentam o ambiente do nosso projeto.

JAZZ NA KOMBI NAS REDES

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2021 Jazz na Kombi

Desenvolvido por Cassimano